Devo comprar ou não um iPod Touch

ipodtouch450  Bem, estava eu com minha dúvida existencial: Comprar ou não um novo iPod Touch?! Afinal não gosto de música, quer dizer, gosto mas não sou de escutar muito, não ao ponto de andar por aí com um fone no ouvido.

Comentei isso com meu novo amigo Thyago Miranda, do Digo, o que me fez começar a desconfiar se a Apple não domina todos os espaços… Mas, bem, ele me deu excelentes motivos para adquirir um iTouch:

Fica aqui para a memória se alguém quiser adquirir um:

Quanto ao iPod… bem, você já ouviu uma frase que diz que o iPod mudou o modo de as pessoas se relacionarem com a música? Eu não tinha mp3, nem discman, nem walkman, nem tinha rádio no meu quarto! Eu NÃO gostava de música em geral antes de ter o iPod. É assim que ele revoluciona a sua vida: se você não gosta de música, você não vai viver sem depois dele.

Pode parecer exagerado mas, foi isso mesmo que aconteceu comigo. Um pouco antes de eu comprar ele eu já estava usando o iTunes. Pronto, foi o que bastava. O que eu precisava mesmo é ter controle TOTAL sobre a minha personalidade musical, descobrir que ela existia e era interessante e ter uma ferramenta que me deixasse usufruir desse prazer da melhor maneira possível: iTunes + iPod. Simples e incomparável. Não tinha Windows Media Player de bosta, nem Winamp nem nada. Tinha que ser simples, eficiente e me fazer enxergar e ouvir a música. E o iTunes foi feito pra isso. Depois que eu o descobri, o outro passo seria levar a minha coletânea de músicas inteira pra rua, no meu bolso. Já era a fase dos cds: desde então, a música acompanhava o meu humor, se adaptava a ela. Nada de rádios, de anuncios, de locutores: minha vida tinha acabado de ganhar uma trilha sonora.

digo-no-touchProcurar músicas no meu bolso nunca foi tão fácil, mesmo com o iPod antigo. O que não é simples nos outros, no iPod touch, por exemplo, parece mágica. Eu não compraria nenhum outro se tivesse que estar obrigado a conviver com uma interface gráfica ruim, poluida, e de dificil navegação. Se a minha biblioteca musical chegasse a 2 mil ou mais músicas eu tinha que acessá-las do jeito mais fácil possível.

Essa é a revolução do iPod. Os primeiros comerciais diziam: 1.000 músicas no seu bolso. Hoje, com o Touch ele terá que dizer 4.000 músicas no seu bolso: sua vida com trilha sonora e algo mais… internet, jogos, vídeos, fotos, agenda, livros, e no futuro (3G) ligações voip direto do iPod com um simples software: Skype!

É ou não é tentação suficiente?

Comments

  1. Quando eu li sua resposta no email dizendo que tinha que postar isso no Quintinices, nem me lembrava a que exatamente voce se referia. Logo pensei: xi, vão descobrir o jeito de se registrar naquele softwarezinho e vão bloquear essa maneira…

    Mas, quando eu vim aqui, a grata surpresa: um texto meu no Quintinices! Não esperava tanta honra, só que eu fosse persuasivo pra ver de todas as maravilhas do iPod, a mais influenciável de todas: ele revoluciona sua relação com a música, sua função principal. No iPod 5G o vídeo já era bom, no Touch é fantástico. Mas, a essência do que o iPod pode fazer está naquilo que ele faz melhor: tocar música, a SUA música.

    Abração Quintino!

  2. Quintino says:

    Ainda estou pensando se vale as 800 pratas mas pelo jeito vale…

  3. Bruno Fontes says:

    Vamos colocar mais interrogações aí! :P

    Eu adoraria um iPod Touch, porém…

    1) Mais um gadgets para levar…
    2) Mais um carregador…
    3) Moramos no Rio de Janeiro, só de pensar num pivete com uma arma na mão levando o seu Touch que vai ser revendido por R$ 200,00 para ele comprar drogas, fico preocupado…
    4) O preço pode valer cada centavo mas, ainda assim, é caro.

    =P

    Pronto, já que você só tinha gente aconselhando a comprar, fiz o contrário! =P

  4. Bem, realmente isso deixa a gente um pouco preocupado mesmo. Mas, qual a diferença entre um pivete com faca levando o seu touch pra vender por qualquer mixaria pra comprar drogas e um bandido armado que leva o seu carro 0KM só pra dar um pega, fugir da polícia, fazer um assalto e largar o carro em qualquer lugar?

    Acho que dá no mesmo: ou nos mudamos de cidade, ou ficamos nela andando nús sem comprar nada ou tentamos conviver com isso…

    Esse é o Rio de Janeiro…

    Eu queria tanto que fosse diferente. Ás vezes me dá vontade de comprar um baratinho pra alguns dias/lugares visitados. Sei lá, um foston ou outro qualquer. Mas, eu prefiro sair sem ele do que usar um foston.

  5. Bruno Fontes says:

    A diferença é que é muito mais fácil roubarem um iPod do que um carro. Fora que até para dar queixa na polícia é mais chato… Recuperar? Fora de questão…

    Eu queria muito um iPod, sou completamente viciado em música, uso um fone AudioTechnica CK-32 (que o dia que eu puder, troco por um melhor), mas ouço as músicas a partir do meu MPx220. Que é um smartphone ultra barato, que não interessa muito para revender.

    Mas… Quem sabe um dia?

  6. mariane says:

    eu já escutava música antes de ter o ipod, mas com certeza ele colaborou muito.

  7. Natan says:

    O ipod touch é muito legal mesmo.
    Pretendo comprar um em breve!
    E acho que é realmente isso, o ipod touch é muito mais que musica :)

  8. Cristiano says:

    Gente to com muita duvida se compro ou não essa belezinha,
    eu conssigo comprar um itouch de 3ª geração com 64 gb de memoria
    isso por R$800 reias q podem ser divididos em 5x e se eu pagar à vista ele me vende por R$750, Eagora compro ou n

  9. Nonato Mesquita says:

    Apesar do tempo das postagens-2006 e 2007-, hj em 2012 estou com a mesma dúvida, gosto muito de música, tive mp3 mas só que sempre quebrava ou os botões se desgastavam que até não funcionavam(cheguei até a bater para ver se voltavam a funcionar). Estou com essa dúvida, pois não quero dar 800 contos passar por isso de novo, ia ser dinheiro jogado fora…por favor me ajudem!